Será possível conhecer todo o mundo numa só vida?

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

BENEFÍCIOS PARA QUEM TEM PASSAPORTE EUROPEU



*Este post estará sempre em atualização
 (última atualização: 10/01/2017)

Este é um dos posts mais acessados do blog. Muitos leitores ainda tem dúvidas sobre a cidadania portuguesa ou de outros países da Europa. O blog está caminhando para o seu 7° ano e nesse período muito conteúdo foi criado por aqui e muito conhecimento foi adquirido não só por vocês mas por mim também.

Sabemos que uma grande parte da população brasileira descende de europeus, e logo, pode ser que tenham direito a uma cidadania européia. Mas além de um resgate a raízes, ter uma cidadania européia tem muitas outras vantagens. 
Então para deixar tudo explicadinho, segue abaixo respostas para as dúvidas mais comuns deste benefício.

- A dupla cidadania facilita nos processos de vistos para países fora da União Européia como: Japão, Estados Unidos e Canadá. Na imigração para estas regiões existem basicamente três acessos: europeus, pessoas do próprio país e outros. Para os EUA, por exemplo, é exigido apenas o preenchimento de um formulário conhecido como ESTA – Electronic System for Travel Authorization.

- Quando o assunto é mercado de trabalho, a dupla cidadania pode ser um diferencial no currículo, pois a pessoa transmite cultura, através de experiências em viagens e em assuntos internacionais, podendo ser um destaque no processo de seleção.

- Uma pessoa com dupla cidadania pode eleger presidente fora do Brasil. Além de poder votar nos países em que a legislação permite.

- Participações em concursos públicos no país da cidadania.

- Abertura de empresas e contas bancárias.

- Ter passaporte europeu é tudo de maravilhoso para quem ama viajar, primeiro porque você passa direto pela imigração, eles não perguntam um ai sequer, apenas confere o passaporte, inclusive existe uma fila especial para quem tem passaporte europeu, que é bem menor que as outras filas. Em Paris minha amiga enfrentou uma fila de quase 1 hora na imigração e eu passei direto.
Em Amsterdam fomos parados pela Polícia na estação de trem, pedindo o passaporte e fazendo milhares de perguntas, eu só mostrei a minha identidade portuguesa e ele não falou mais nada e os meus amigos tiveram que responder os questionamentos do tipo: Onde vai? Porque vai? Quando volta? Onde vai ficar? Qual o motivo da viagem?
Além disso é possível entrar e circular livremente pela Europa ou outros países, sem sofrer constrangimentos e preconceitos na imigração, como muitos brasileiros já vivenciaram. Na Irlanda mesmo eu soube de vários casos, porque na verdade a maioria dos europeus pensam que todos os brasileiros são favelados, sem educação e não tem condições de bancar uma viagem internacional, sempre tem que responder as mil perguntas que eles fazem para conseguir entrar no país de destino. Nós BRASILEIROS precisamos mudar esta visão que o restante do mundo tem de nós!! O que fazer?? Vou morrer sem saber!!
Ouvi um comentário de um brasileiro numa viagem que fiz e achei interessante, ele disse brincando que 1\3 da população mundial é brasileira e que os brasileiros vão dominar o mundo, pois em tudo quanto era lugar deste mundo, ele encontrava com brasileiros... e eu concordo com ele... eu acredito que nós ainda seremos uma grande potência e eles ainda terão que implorar para entrar no nosso país.

- Possibilidade de morar, estudar e trabalhar sem ter a necessidade de vistos especiais ou tempo de permanência determinado.

- Conseguir preços diferenciados nos cursos de diversos níveis. 


- Vantagens nas Universidades:

A dupla nacionalidade é muito almejada por jovens que planejam estudar na Europa, pois os Europeus tem acesso facilitado a universidades, que através de descontos podem pagar até três vezes menos em comparação a um cidadão não europeu, basta entrar nos sites das universidades e comparar os valores dos cursos.

- Com passaporte europeu tudo fica mais fácil, inclusive para conseguir um emprego e alugar apartamento. Quem tem direito a cidadania européia e ainda não possui a documentação, tentem tirar o quanto antes, faz muita diferença.

- Ter cidadania européia é importante até mesmo para conseguir um bom emprego na Europa, porque normalmente as grandes empresas só contratam europeus, isso fica bem claro no anúncio das vagas.

- A dupla cidadania pode ser um diferencial no currículo, pois a pessoa com experiência em viagens e em assuntos internacionais transmite cultura, e além disso está apta a viajar para outros países sem muitas burocracias.

- Facilidade na alfândega, tanto na Europa (apresentando o passaporte europeu) quanto no retorno ao Brasil (usando o passaporte brasileiro).
ATENÇÃO: Para sair e para entrar no Brasil tem que mostrar apenas o passaporte brasileiro, não podemos sair e nem entrar com o europeu, porque neste caso, seríamos turistas no nosso próprio país, o passaporte europeu é utilizado apenas quando chegar na Europa ou outros países.

- Os europeus não precisam de plano de saúde para entrar nos países da Europa, mas aconselho a fazer, pois nunca sabemos quando iremos precisar. 
Numa viagem para Amsterdam, uma das minhas amigas passou mal e foi preciso chamar um médico, que cobrou 100,00 Euros a consulta, mas ela tinha plano de saúde e tentou o ressarcimento deste valor. Imagina se ela não tivesse o plano, iria gastar 100,00 Euros sem retorno.

- A identidade portuguesa/européia também é importante, pois assim você não precisará ficar andando com o passaporte para cima e para baixo, correndo o risco de perdê-lo ou de alguém roubá-lo, nunca sabemos o que se passa pela cabeça das pessoas, então o ideal é não facilitar.

Consulado Português Rio de Janeiro - Clique aqui

Espero ter esclarecido as principais dúvidas!! 
Estou à disposição se precisarem!!

Leiam também:
Perguntas frequentes sobre a Irlanda

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Filmes e séries gravados na Irlanda

***Post atualizado em 09/01/2017

APENAS UMA VEZ - ONCE

Once é um filme musical irlandês de 2007 escrito e dirigido por John Carney. Rodado em DublinIrlanda, este drama naturalista é estrelado pelos músicos Glen Hansard (da popular banda de rock irlandesa "O Frames") e Markéta Irglová (compositora e instrumentista nascida na República Checa). Hansard e Irglová compuseram e executaram todas (exceto uma) as canções originais do filme. Com orçamento de apenas 130.000 euros (160.000 dólares), o filme foi muito bem sucedido, sendo um sucesso de bilheteria nos Estados Unidos. Recebeu ótimas críticas e prêmios em 2008. A canção de Hansard e Irglová "Falling Slowly" foi indicada ao Óscar e ao Grammy de 2008, uma música simples que verdadeiramente toca os corações.


Sinopse - Pelas ruas de Dublin, um músico toca suas composições próprias para arrecadar alguns trocados e ajuda o pai em uma loja de aspiradores de pó. Passando um dia por acaso, uma imigrante tcheca se encanta pelas melodias e entra, sem querer, na vida dele, embalando uma linda história de amor, com músicas que traduzem os caminhos do coração. Quando menos percebem os dois estão compondo canções sentimentais juntos, mas encontram algumas dificuldades para dar início a um romance. Ela é casada e ele vem de um relacionamento amoroso frustrado. Confiram o trailler!! 

Recomendo este filme, pois ele mostra a cultura da Irlanda e paisagens incríveis.

CASA COMIGO



Uma mulher (Amy Adams) viaja para Dublin para pedir o namorado em casamento, no dia 29 de fevereiro de um ano bissexto, como manda a tradição irlandesa. Nesta data, segundo o costume local, o homem é obrigado a aceitar o pedido de casamento. Mas, quando o tempo mau arruína sua viagem, ela precisa da ajuda de um grosseiro dono de hospedaria para iniciar uma inesperada travessia no país e fazer o pedido perfeito.

CORAÇÃO VALENTE

Quando a esposa de William Walace é violentada e assassinada pelas tropas inglesas, sua busca por vingança rapidamente se transforma em uma apaixonada luta pela liberdade de seu país.

Uma boa parte do filme foi gravado na Irlanda

PS EU TE AMO

Holly Kennedy (Hilary Swank) é casada com Gerry (Gerard Butler), um irlandês engraçado por quem é completamente apaixonada. Porém quando Gerry morre devido a uma doença a vida de Holly também acaba, já que ela entra em profunda depressão. Mas o que ela não esperava era que, imaginando que isto poderia acontecer, Gerry deixou para ela diversas cartas antes de morrer. Cada uma delas busca guiar Holly no caminho de sua recuperação, não apenas da dor pela sua perda mas também de sua própria redescoberta.


Este filme mostra muito a cultura Irish e paisagens maravilhosas, entre elas Wiclow e Galway.

JACK TAYLOR


A série Jack Taylor é baseada em uma série de livros de Ken Bruen em Galway, cidade situada no noroeste da Irlanda, e um dos mais belos cenários do país. Iain Glen, no papel homônimo de Jack Taylor, é um ex-oficial da Síochána Garda (polícia nacional) que se torna um um investigador privado depois de deixar o serviço. 


terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Perguntas Frequentes sobre a Irlanda!!

Olá pessoal, este post foi um dos primeiros do blog, então eu resolvi editá-lo acrescentando algumas informações para orientá-los no planejamento, de acordo com os e-mails e comentários que recebo dos leitores. Leiam atentamente as perguntas e respostas e cliquem nos links para serem direcionados a outros posts do blog que são de interesse dos futuros intercambistas. Qualquer dúvida deixem comentários neste post que eu responderei assim que possível!! (Última atualização: 03/01/2017)


Perguntas frequentes feitas pelos oficiais de imigração:

What's the purpose of your visit? Qual é o proprósito da sua viagem?

How long are you going to stay in Ireland? Quanto tempo você vai permanecer na Irlanda?

How much money have you got on you? Quanto (em dinheiro) você traz consigo?

Where are you staying? Onde você vai ficar (morar)?

Do you have a letter from your school? Você tem uma carta da sua escola?

What's the course duration? Qual é a duração do seu curso?

Do you have return tickets? Can I see it? Você tem ticket de volta ao Brasil? Posso vê-lo?

Do you intend to work here? Você pretende trabalhar aqui?


Fonte: Brasileire

Quanto dinheiro preciso levar de reserva para me garantir nos primeiros meses?
Você precisa ter 3.000,00 euros para começar uma nova vida na Irlanda, com este dinheiro você poderá se garantir por uns meses, o tempo suficiente para se adaptar à nova cultura, aprender o inglês básico, arrumar um emprego e viver o seu sonho!!
Para quem fuma, um pacote de cigarro custa em torno de 8,00 euros e uma pint de cerveja entre 4,00 euros e 6,50 euros, são gastos supérfluos que devem ser levados em conta.
Antigamente o aluno tinha que apresentar ao oficial de imigração, no aeroporto da Irlanda, a quantia mínima de €1.000,00 para o visto, mas este valor aumentou para €3.000,00 em 2011. 

Quais são os documentos que preciso para entrar legalmente na Irlanda?
* Carta de matrícula da escola que comprovará que você realmente está indo para estudar inglês.
* Passaporte válido por no mínimo 6 meses
* Seguro de saúde privado ou governamental
* Comprovante de onde ficará hospedado
* 3.000,00 euros comprovados em um banco irlandês

Em caso de dúvida, o agente do Serviço de Imigração deverá ligar para a escola. Ou seja, procure conversar o mínimo indispensável com o agente da Imigração e responder só o que lhe for perguntado! Deixe que a escola resolva qualquer eventual dúvida por você. Por problemas de comunicação, sem querer você poderia estar dizendo algo que comprometa a sua entrada. Acima de tudo, procure não demonstrar ansiedade, o que pode gerar suspeitas.


Qual visto eu terei quando entrar na Irlanda?
O Serviço de Imigração lhe concederá um visto válido por alguns dias, tempo suficiente para que você se apresente a escola e abra uma conta poupança no correio ou conta corrente em um Banco (a própria escola informará onde fazer isso, bem como facilitará a abertura da conta). Em seguida, a escola enviará outra carta ao Serviço de Imigração para que você possa ir até lá e requerer um visto válido pelo tempo que durar o seu curso. Com esse visto, você já poderá dar entrada no pedido de seu “PPS Number” (Personal Public Service Number), que é o número de cadastro para pagamento de impostos, entre outras coisas. Depois disso, você já poderá se inscrever para trabalhar legalmente no país. Essa segunda parte do processo pode ser feita em um dia ou, no máximo, dois.


Se eu pagar a escola, o visto é garantido?
Não, apesar dos brasileiros não precisarem pedir o visto antecipado, ninguém pode garantir visto na Irlanda ou em qualquer outro País do mundo, pois os órgãos de Imigração são soberanos. 
É preciso estar atento se a escola que vai estudar é reconhecida pelo Departamento de Educação da Irlanda e se consta no Acels (site oficial do governo Irlandês das escolas reconhecidas), pois caso contrário poderá ter o seu visto negado.


Por quanto tempo poderei renovar meu visto de estudante?
De acordo com a Lei, em cursos de idiomas o aluno poderá ter visto de estudante por um período de 8 meses, podendo renovar mais 2 vezes. No entanto, poderá ser concedido por um período superior, se provar que está evoluindo em seu aprendizado, mas que necessita de um pouco mais de tempo para avançar para um nível mais elevado, pois tem o objetivo de entrar em uma faculdade na Europa ou mesmo porque tem proposta de emprego que necessita conhecimento mais elevado da língua Inglesa.


Como funciona o sistema de Visto na Irlanda? Tenho que pedir antecipado?
O Brasil tem um acordo com países da Comunidade Européia no qual os brasileiros não precisam pedir visto antecipado. Porém, não poderá ser solicitado à mudança de visto de turista para estudante. Ao chegar no aeroporto deve informar ao oficial de imigração que o seu objetivo no país é estudar.
Com os documentos necessários em mãos e uma boa quantia de euros no bolso (Não serve cartão de crédito), você se apresentará à Imigração do aeroporto com um “Belo Sorriso” no rosto e dirá “I am Student”, e receberá um visto provisório de 30 dias.
No primeiro dia de aula, você deverá fazer o teste de nivelamento para saber qual é o seu nível de inglês. Depois disso, deverá abrir uma conta em uma agência do Banco, depositando no mínimo 3.000,00 euros, que será apresentado no momento de pegar seu visto definitivo de estudante, uma vez que o carimbo que recebe no aeroporto é provisório. Lembre-se que terá que pegar uma carta da escola para finalidade específica de abertura desta conta e que só poderá resgatar este dinheiro depois que receber o visto definitivo, o que poderá demorar alguns dias.
Depois da apresentação do aluno, a escola enviará uma carta ao Immigration Office (o que normalmente é feito todas as segundas-feiras). Assim, depois de oito dias, a partir do envio da carta, o aluno deverá comparecer ao Immigration Office para retirar seu visto de estudante.
Quando for ao Immigration Office, deverá estar com o Passaporte e a caderneta que comprova sua conta no correio (Post Office). O oficial deve perguntar seu nome e o da escola. Mesmo que não fale inglês, não é permitida a presença de terceiros, ou seja, não adianta levar um amigo ou tradutor para auxiliá-lo.
O Visto custa 300,00 euros e será pago diretamente ao Immigration Office através de cartão de crédito e retirado no mesmo dia. Caso não tenha cartão de crédito, terá que pegar uma guia de depósito no Immigration Office e efetuar o depósito no Bank of Ireland e voltar após oito dias para pegar a carteirinha e o visto.

Qual é a idade mínima para estudar inglês e trabalhar na Irlanda?
A idade mínima é de 16 anos, tanto para estudar como para trabalhar. Se você tiver entre 16 e 18 anos de idade e ainda não for emancipado, deverá trazer uma autorização de viagem ao exterior assinada por seus pais e por um juiz de direito do Brasil.

Não falo inglês, posso me matricular?
Com certeza e deve fazer isto o mais rápido possível, pois Dublin é o lugar certo para se aprender inglês e conquistar uma boa vaga no mercado de trabalho no Brasil ou em qualquer outro País. O inglês é uma Língua Universal e comercial que abre portas no mundo inteiro.

Quais são os horários das aulas?
Os cursos normalmente são de 15 horas semanais de segunda à sexta-feira nos horários da manhã e tarde, no momento os horários noturnos estão proibidos pela imigração.
Dependendo do seu nível de inglês você poderá estudar em diferentes horários. O Governo Irlandês abre um precedente para as pessoas de fora da Comunidade Européia, estudar e trabalhar legalmente 20h por semana no tempo LIVRE. O que significa que o seu trabalho deve se adequar ao seu horário escolar, a prioridade deve ser o estudo e não o trabalho, mas infelizmente muitos abandonam a escola, porque precisam trabalhar para se manter na Irlanda.

Quais são as opções de acomodações?
Existem vários tipos de Acomodações na Irlanda, como por exemplo:
- Casa de família irlandesa com um custo médio de 150,00 euros por semana, normalmente inclui duas refeições diárias;
- Albergue da Juventude (hostel) com um custo médio de 50,00 euros por semana, sem refeição inclusa, mas tem espaço para cozinhar. Existem promoções na internet se reservar por mais alguns dias. Os quartos são compartilhados com outras pessoas e ficam no centro da cidade.
Levando em consideração que o seu gasto médio será de 400,00 a 550,00 euros por mês.


É difícil conseguir emprego na Irlanda?
No primeiro mês tudo é mais complicado, porque tem muitas questões para resolver, a documentação para o visto, escola, moradia e a adaptação que para alguns é rápida e para outros nem tanto, porém basta ter persistência e dedicação que tudo se resolverá. Como todos sabem, a Irlanda está se levantando de uma crise que impactou na vida de muita gente, emprego não está tão fácil como já foi um dia, mas não está impossível, para as mulheres principalmente, pois tem a possibilidade de ser au pair. Infelizmente é muito difícil um homem conseguir emprego de au pair, ainda mais quando tem meninas na família, às vezes é necessário dar banho, ajudar a se vestir e para os pais é muito complicado aceitar que um homem faça isso, sem falar nos serviços domésticos como limpeza, passar roupa, lavar louça, organizar a casa, cozinhar, enfim... "normalmente", vejam bem eu disse "normalmente" as mulheres levam mais jeito para isso. 

Qual a diferença por ter a cidadania européia?

Espero ter esclarecido as principais dúvidas!


Leiam também: 
Vale a pena comprar roupa na Irlanda?
Falando grátis com a Vodafone na Irlanda
Orientações importantes sobre o trabalho de Au Pair
Reembolso de compras na Europa
Depoimento pessoal da minha experiência na Irlanda
Vantagens e desvantagens do intercâmbio
Como arrumar a mala de viagem?
Clima na Irlanda
Alimentação na Irlanda
Conheça um pouco da história da Irlanda
Transportes na Irlanda
Trabalhando como estudante
Baladas
Carteirinha de estudante
Cartão VTM
10 razões para fazer o intercâmbio na Irlanda
Mercado de Trabalho na Irlanda
Vida de Au Pair

Estou voltando pra Irlanda outra vez!

Olá pessoal,

Quando criei este blog, não fazia a mínima ideia do impacto que isso teria na minha vida, mas o que eu realmente não esperava, era o impacto que causaria na vida de outras pessoas também. É muito gratificante compartilhar minhas experiências com vocês... simplesmente mágico!

Em fevereiro/2017 vai começar minha nova história na Irlanda, pra quem tem asas sabe como é difícil se manter muito tempo em um único lugar. Mas dessa vez, não foi somente a minha vontade de voar que me fez tomar essa difícil decisão, afinal todo lugar fora do ambiente familiar sempre será encantador nos primeiros dias, entretanto nada se compara ao nosso lar - na minha opinião - é normal sentir vontade de voltar pra casa quando passa a euforia, mas depois que se adapta, uma nova história vai sendo construída, novas pessoas e lugares surgindo e tornando as coisas mais prazerosas.

Meu 1º dia na Irlanda em 2010

Por que afinal uma pessoa com passaporte europeu e que já fez intercâmbio na Irlanda quer voltar a viver numa ilha fria, cinza e chuvosa?

Existem tantos motivos, mas na realidade não existe o país melhor ou pior, mas existe o país melhor ou pior para mim. O lugar ideal para cada um é o lugar onde nos sentimos bem e valorizados.

Depois de inúmeras pesquisas pela internet por horas a fio, tinha um plano A em mente, que era fazer o meu 3º intercâmbio nos USA e tentar uma Pós Graduação. Acabei descobrindo um programa sensacional, WORKAWAY, que pode tornar um intercâmbio muito mais econômico e independente. 
Por várias razões decidi pela Irlanda novamente, deixando os USA para um outro momento, mesmo sem nunca ter ido lá, eu sou mais a Europa, de corpo e alma! 

Pela facilidade do PASSAPORTE EUROPEU, pelo preço da passagem, por ter hospedagem garantida, amigos e além disso essa ilha toca fundo em meu coração, não sei dizer exatamente o motivo, talvez já tenha vivido alguma de minhas vidas por lá, hahahahha. Ilha de pura magia!!

A Irlanda é um país de 4 estações, paisagens cinematográficas - ainda tenho muito o que conhecer por lá - com histórias medievais e povo alegre.

Meu objetivo principal é desenferrujar o inglês, afinal já se foram quase 5 anos desde que voltei ao Brasil, e tenho tido pouco contato com o idioma, se bem que a Netflix tem ajudado bastante.
Já perdi algumas oportunidades interessantes por não ser fluente em inglês, e isso é bastante frustrante, depois de um intercâmbio de quase 2 anos... "isso que deu conviver com brasileiros durante o intercâmbio".

O mar não está pra peixe no Brasil, então estou aproveitando a oportunidade para oxigenar as idéias, viver novas experiências e sim, juntar uma grana para o meu plano B, que é seguir para Portugal (depois explico melhor). 

E sim, o universo conspira a nosso favor, nada é por acaso nessa vida!

Sobre meu 3º intercâmbio

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Intercâmbio por agência ou conta própria?



Ao pensar no intercâmbio, geralmente vem aquela dúvida na cabeça: “Fazer sem agência de intercâmbio ou  com agência de intercâmbio?”, eis a questão.

O movimento de brasileiros em busca de experiência no exterior tem crescido cada vez mais, quem tem o desejo de fazer intercâmbio ou simplesmente conhecer a Europa, aproveite o momento da crise no Brasil para embarcar neste sonho e voltar mais competitivo no mercado, pois os processos seletivos tem sido cada vez mais acirrados e exigentes. 
As opções mais procuradas para estudar inglês são: Austrália, Estados Unidos, Nova Zelândia, Inglaterra e Irlanda. Desses países, a Irlanda é o mais indicado para ir sem o apoio de agências.
Você precisa pensar em todos os detalhes na hora de organizar um intercâmbio por conta própria, faça uma lista com os tópicos fundamentais, para evitar esquecimentos, pois com disciplina e organização tudo fica mais fácil. 

ATENÇÃO - PASSOS IMPORTANTES:

  • A primeira providência a ser tomada é providenciar o passaporte.
  • Definir para onde quer ir e isso vai depender do idioma que quer estudar.
  • Definir qual o tipo de acomodação.
  • Avalie seu nível de inglês, pois quem não tem conhecimento do idioma, possivelmente enfrentará mais dificuldades em planejar o intercâmbio sozinho.
  • Avalie sua disponibilidade e paciência para as pesquisas, pois são muitas horas de buscas para um bom planejamento da viagem.

Os preços nas agências não estão tão atrativos assim, devido a algumas taxas que são incluídas, porém comprando o curso diretamente com a escola não terá a mesma flexibilidade que uma agência para parcelar, normalmente os cursos são pagos à vista. 

A Internet facilita muito a vida dos mochileiros, através de uma profunda pesquisa é muito tranquilo fazer tudo diretamente e de forma muito segura. Basta você comprar uma passagem, seguro viagem, ver uma acomodação (casa de família, hostel ou república estudantil), escolher o país e fazer as malas.

Dicas para procurar hospedagem por conta própria:
  • Pesquise no Google: “Alquiler em casa de família”.
  • AIRBNB, site específico para alugar quartos, a ideia é que você seja um hóspede e não um colega que divide as contas e as tarefas domésticas. Portanto, o Airbnb costuma ter um preço mais elevado, mas mesmo assim, pode-se encontrar valores mensais bastante acessíveis.
Nos países mais procurados por estudantes tem a possibilidade de comprar um curso de inglês diretamente com as escolas, muitos me perguntam se devem contratar uma agência de intercâmbio ou não, a minha resposta é que isso depende muito, pois cada caso é um caso. 

Vantagens sem agência
  • Não há taxa de assessoria já que este serviço é direto com a escola, portanto o curso fica mais barato.
Desvantagens sem agência
  • Falta de flexibilidade no pagamento, as escolas dificilmente possuem estrutura para atender as necessidades dos brasileiros, portanto o pagamento deverá ser à vista;
  • Inevitavelmente pagará taxa de transferência internacional em seu banco para fazer o pagamento na conta da escola no exterior;
  • O estudante terá que lidar com todos os trâmites burocráticos como a matrícula, pagamento, seguro e o visto;
  • Caso não tenha conhecimento da língua inglesa, precisará de alguém para te ajudar pois na maioria dos casos os documentos necessários para preenchimento são em inglês;
  • Ao fazer uma transação internacional diretamente com a escola, não há nenhuma proteção na transação pois não é uma compra em território brasileiro, portanto, se a escola falir ou algum outro problema acontecer, o estudante será o único que poderá resolver todos os problemas e com certeza sairá no prejuízo;
Então, por que não tentar um intercâmbio por conta própria? 

Agências de Intercâmbio
As agências vendem pacotes de intercâmbio em diversos países e tudo o que está relacionado a viagem. Seu papel é justamente orientar o cliente no que for necessário para uma estadia segura e proveitosa.
Poucas agências são especializadas por região geográfica e/ou análise individual, de acordo com o perfil social e econômico de cada cliente. 
Todas agenciam ou representam cursos no exterior, seguros, passagens aéreas e outros serviços que são comissionados. O preço que as escolas de idiomas cobram são praticamente iguais, qualquer um pode vender os cursos, porém algumas agências conseguem reduzir o custo do pacote de intercâmbio porque estrategicamente abrem mão de parte de sua comissão e compensam na venda de outros serviços. 
Normalmente as agências que vendem os cursos mais baratos são as escolas que mais tem brasileiros, mas nem sempre esta informação é passada ao cliente.
Muitos contratam agências e são iludidos, nem sempre pela ma fé, mas pela falta de experiência dos processos. 

Vantagens da agência de intercâmbio
  • Maior comodidade com a orientação de um consultor experiente no assunto que poupará seu tempo;
  • Realização de todos os trâmites necessários sem trabalho para o estudante;
  • Maior segurança e flexibilidade na forma de pagamento com possibilidade de parcelamento;
Desvantagens da agência de intercâmbio
  • Ficar limitado com as opções de escolas com as quais as agências de intercâmbio trabalham;
  • Pagamento de taxa de assessoria;
  • Podem cobrar um valor acima do preço da escola;
  • O valor do dólar é conforme a cotação da agência.
Se já tem experiência com viagens internacionais, o meu conselho é VÁ SEM AGÊNCIA!!
Tem disciplina, coragem e disponibilidade para as pesquisas? VÁ SEM AGÊNCIA!

Se você é muito jovem ainda, nunca saiu do seu país de origem e tem medo, o meu conselho é VÁ COM AGÊNCIA!!
A decisão é sua!! 


Já teve experiência fazendo intercâmbio sem agência? Deixe seu depoimento nos comentários!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

MY BUCKET LIST!

Essa lista estará sempre se atualizando, a cada dia que passa coisas novas serão adicionadas e riscadas, publico essa lista aqui para que você também faça a sua e veja quanto a vida vale a pena. Já tenho essa lista há algum tempo e resolvi compartilhar com meus queridos leitores. Muito bom poder riscar cada item alcançado!
O que parece ser bobo pra vc, é muito importante pra mim, manter o foco faz o universo conspirar a nosso favor de uma forma impressionante.


Viajar... viajar e viajar é a principal meta da minha vida!
2015 - É o meu ano!!
  1. Ganhar um prêmio 
  2. Concluir a faculdade de Psicologia em 2018
  3. Estudar numa Universidade estrangeira
  4. Conseguir ler 1 livro por mês em 2017
  5. Fazer um intercâmbio - Fiz meu primeiro intercâmbio em Portugal em Maio/2008 e o segundo na Irlanda em Set/2010
  6. Fazer outro intercâmbio em 2017
  7. Criar um blog - Foi criado em set/2010
  8. Fazer minha primeira tattoo - Fiz em 16/05/2015, mas já estou programando a segunda tattoo
  9. Entrar na academia - Me matriculei na Smart Fit em Março/15
  10. Regrar a alimentação - Estou regrando e me sentindo muito saudável
  11. Perder uns kilinhos - Emagreci 6 kilos em 2015 e estou mantendo
  12. Quero perder mais 3 kilos em 2017
  13. Ver neve
  14. Praticar meditação diariamente
  15. Enterrar conflitos passados - Me sinto muito melhor em relação a isso
  16. Aprender andar de patins
  17. Aprender a nadar
  18. Comprar uma moto... ahhh e perder o medo tbm
  19. Praticar algum esporte radical
  20. Fazer aulas de danças
  21. Correr uma maratona
  22. Mergulhar em Fernando de Noronha
  23. Esquiar na neve
  24. Andar a cavalo com confiança
  25. Organizar um piquenique com pessoas queridas
  26. Voar de parapente
  27. Voar em um balão
  28. Fazer Rafting
  29. Plantar uma árvore
  30. Conhecer profundamente a mãe natureza
  31. Dar uma palestra para um grande público
  32. Publicar um livro
  33. Ler mais livros 
  34. Aprender uma nova língua - Fiz intercâmbio na Irlanda para estudar inglês
  35. Curso de Business - Fiz o curso em 2012 na Irlanda
  36. Voltar a estudar inglês - Estudo sempre, mas ainda preciso melhorar muito
  37. Melhorar o inglês
  38. Tirar a certificação em inglês TOEIC - CONCLUÍDO
  39. Trabalhar no segmento Oil&Gas - Trabalhei em 2012/2013
  40. Fazer um curso de Coaching
  41. Terminar a faculdade de Psicologia - Em vias de... Voltei pra faculdade em Julho/2015
  42. Começar um negócio - Meta sendo alcançada em 2015
  43. Atingir o salário dos meus sonhos - Em vias de...
  44. Aprender a tocar um instrumento musical
  45. Superar o medo de dirigir - Em vias de...
  46. Ter um carro - Comprei meu primeiro carro em Novembro/2015 - Renault Twingo
  47. Ter um carro automático - Honda Fit ou UP
  48. Fazer algum tipo de trabalho voluntário - Trabalhei como voluntária selecionadora da Rio 2016 
  49. Cortar meu cabelo na altura dos ombros - Cortei em Dezembro/14
  50. Passar a virada de ano em outro pais - Passei a virada em Paris e Londres em 2010/2011
  51. Viajar para Machu Pichu, Chile e Bolívia
  52. Viajar para Itália, Alemanha, Grécia, Praga, Marrocos, Israel... na verdade para o mundo inteiro
  53. Morar sozinha - Comecei a dividir ape em junho/12 e morei sozinha em Macaé a partir de 06/2013
  54. Ter meu canto - Construí minha casa fofa em 2014
  55. Construir ou comprar a casa/ape dos sonhos... no lugar dos sonhos - Barra da Tijuca RJ
  56. Viajar sozinha no exterior - Viajei pela primeira vez sozinha para Kilkenny na Irlanda 
  57. Viajar pela estrada sem destino livremente
  58. Ir em um show em outro país
  59. Ir em um show internacional no Brasil - Fui ao show do Pearl Jam em Novembro/2015
  60. Saber apreciar e conhecer um bom vinho
  61. Encontro às cegas 
  62. Viajar a trabalho - Viajei a trabalho para Uberlândia em Fev/13 
  63. Viajar com amigos para fora do estado/país - Fiz muitas viagens desde 10
  64. Fazer uma viagem sem roteiro para algum lugar perto, ir para a rodoviária, escolher o destino e ficar o final de semana ou apenas um dia
  65. Conhecer um país que quase ninguém conhece
  66. Visitar um vulcão
  67. Visitar castelos
  68. Ir pra Disney - Visitei a Euro Disney em Nov/11
  69. Viajar pra França - Fui a França 3 vezes e a primeira vez em dez/10
  70. Viajar para os USA e dirigir nas estradas dos filmes
  71. Visitar a Times Square
  72. Alcançar um pico muito alto - Trilhei a pedra do sino em fev/15 e pretendo trilhar muitos outros
  73. Fazer um cruzeiro
  74. Viajar de primeira classe
  75. Realizar viagens românticas... sempre!
  76. Acampar - Acampei em Fev/2015 em Terê
  77. Parar de comer carne vermelha - Estou tentandooooo
  78. Parar de tomar refrigerante - Parei em 2015
  79. Visitar um centro budista
  80. Fazer um retiro na Índia
  81. Conhecer outras religiões - Já estou conhecendo
  82. Fazer aulas de Yoga - Fiz apenas uma em Macaé e adorei
  83. Fazer terapias alternativas e trabalhar com isso
  84. Assistir uma ópera no teatro municipal
  85. Ter uma casa na serra e na praia também
  86. Atingir 1 milhão de visitas no Blog Jornada Pela Irlanda
  87. Atingir mil inscritos no Blog Jornada Pela Irlanda
  88. Casar na praia
  89. Ter um filho(a)
  90. Esse é segredo... xxxxxx

Atualizado em 03/01/2017

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...