Será possível conhecer todo o mundo numa só vida?

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Fechando meu diário de Au Pair...

No dia 29/10/2010 eu tive a minha terceira entrevista para uma vaga de Au Pair no interior da Irlanda, consegui a vaga e fiz a mudança no mesmo dia, estava um pouco assustada se daria conta ou não de tal responsabilidade, mas para surpresa de muitos que me conhecem eu fui bem sucedida neste desafio (leia o primeiro post do diário) e surpreendi a mim mesma também. Eu venci!! 
Apesar da difícil adaptação ao clima, comida e etc... ao final dos 4 primeiros meses me dei conta que queria e precisava ficar mais tempo por aqui para evolução do meu inglês.
Eu estava sentindo uma necessidade de mudanças há um tempo, como relatei no post Desabafos de uma au pair e Ser au pair até quando? 
Apliquei para muitas vagas nas empresas, mas nenhuma porta se abriu, na verdade eu acredito que nada nesta vida é por acaso. Então surgiu uma oportunidade para trabalhar de Housekeeper em Malahide Co.Dublin, através da Au Pair in Ireland, fui entrevistada no início de março e aprovada, o salário é 250,00 euros por semana e Live In, então decidi mudar para juntar uma grana antes do meu retorno definitivo ao Brasil.
Foi difícil criar coragem para anunciar a minha saída, mas disse para a family que estava de mudança para Dublin porque queria tentar novas oportunidades, pedi uma prazo de 10 dias para a minha saída, eles entenderam.
Ao analisar tudo o que eu vivi como Au Pair eu só tenho a agradecer a Deus por ter encontrado uma família boa, onde fui acolhida e aprendi muito do que sei hoje. Claro que toda família tem problemas, nem a nossa é perfeita, no início foi bem difícil a adaptação em morar com estranhos, especialmente com o Tiernam que é autista, ele foi bastante resistente, eu pensei que não aguentaria. Eu tive várias homesicks durantes estes 19 meses, me senti sozinha, chorei escondida incontáveis vezes, já vi vários amigos irem embora, viajei muitoooo e estudei também. 
Para mim valeu a pena, mas a felicidade aqui às vezes custou bem caro e teve um gostinho nem sempre tão doce. Muita coisa tive que ouvir e abaixar a cabeça, me tornei mestre em engolir sapos, mas o que vale mesmo é o contato e a paixão pelas crianças. Isso não tem preço. Então apenas receba os feedbacks, absorva o que achar válido e bola pra frente!
Os planos podem se modificar no meio do caminho, mas se você tiver um plano é a melhor maneira de obter sucesso no seu intercâmbio e fazer tudo o que você quer fazer.  







 Esperando o bus escolar, vivi dias alegres e bem estressantes neste ponto com eles, haha.
  Sentirei muitas saudades da alegria contagiante da Brónagh, inventávamos as brincadeiras mais loucas, adorava vê-la imitando os outros, parecia uma atriz.

 Elas me deram uma caixa de bombons, quase que eu chorei de emoção!!

 Minhas queridas para sempre!!

 Este era o meu quarto, meu mundinho!!

Hoje estou escrevendo o meu diário de uma Au Pair XIV com uma mistura de tristeza e sensação de missão cumprida, mas encerrando um ciclo para dar lugar a novas flores. Ainda não acredito que eu não sou mais Au Pair, eu fui em algum tempo e lugar... acho que serei para sempre porque esta experiência ficou marcada na minha alma.
Ao deixar a casa eu saí com lágrimas nos olhos, dei um abraço apertado na Brónagh, quando o Tiernam me viu indo embora ele perguntou se era "forever" e ficou muito irritado. 
Quando meu ex-chefe me deixou na estação de trem da cidade eu fiquei olhando-o partir de costas e pensei: Isso é para sempre, nunca mais estarei nesta estação novamente. No trem eu chorei um pouco por estar apreensiva com o novo, mas o que não mata nos fortalece. Sendo assim eu fecho o livro desta experiência dia 05/04/2012. 
A família ainda não contratou ninguém oficial para o meu lugar, mas bate uma sensação de perda, que os anos vão passar e talvez eles nem se lembrem mais de mim.

Este blog foi minha grande válvula de escape para os dias de solidão em Portarlington, obrigada a todos que acompanharam a minha jornada como au pair. Gostaria de aproveitar a oportunidade e informá-los que estou à disposição para tirar dúvidas sobre o intercâmbio na Irlanda, mas por favor dêem uma olhada nos posts do blog antes, na maioria das vezes já postei sobre o assunto por aqui.
Quero agradecer as 130.000 visitas ao blog e todos os comentários!! Continuem acompanhando a minha Jornada que em breve terá um fim!!

Um comentário:

  1. Lu, boa sorte nessa nova etapa!!!
    Conta logo como estão as coisas!!
    Bjo!!

    ResponderExcluir

text-align: justify;

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...