Será possível conhecer todo o mundo numa só vida?

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Depoimento do Roberto Pereira - DCAS!!

Segue o depoimento do Roberto Pereira sobre a sua experiência aqui na Irlanda.

"Olá amigos, meu nome é Roberto Pereira e atualmente eu trabalho para a escola DCAS Dublin College em Dublin, na Irlanda. Gostaria de compartilhar com vocês sobre a minha experiência de intercâmbio na Irlanda. 

Porque a Irlanda?

Escolhi a Irlanda, por ser um País receptivo e também pelas facilidades que tem referente ao visto e a Imigração. Isto se torna mais fácil e também nos deixa um pouco mais seguros. Também referente ao clima, que não é tão quente e nem tão frio como, por exemplo, no Canadá.
Pela parte financeira, pois o mínimo que os empregadores registrados pagam para os funcionários é 8,65 Euros a hora.
Além, é claro das facilidades para viajar, conhecer outros países, outras culturas, conhecer o mundo, digamos assim que isto foi o mais importante pra mim, além do Inglês. A experiência de vida profissionalmente e pessoal não tem comparação, é inexplicável ter a oportunidade de conhecer o mundo e sabendo que está ao nosso alcance.

Porque escolher estudar na DCAS Dublin College?

Conheci a escola através de agência de Intercâmbio e amigos, pesquisei sobre a escola e isto me fixou a idéia de estudar na DCAS Dublin College. Por ser uma escola séria, que embora os preços estavam e ainda estão competitivos, se preocupam com a qualidade de ensino dos alunos. Além, do fato de um mix de nacionalidades, Romenos, Mexicanos, Espanhóis, Venezuelanos, Arábia Saudita entre outras nacionalidades, enfim, isto ajuda, mas claro, a escola e os professores é 30%, os 70% restantes depende de cada um, do esforço em casa, da vontade de querer aprender.

Meus planos e metas:

Sempre tive muitos planos e metas para alcançar. Neste desafio não foi diferente, no início vim com planos aprofundados do inglês e de juntar algum dinheiro extra. No decorrer do tempo, fui analisando e apostando nas oportunidades que a vida nos fornece. 
Sempre tive metas como primeiramente o Inglês: Como melhorar o meu inglês em pouco tempo? Como ter experiência em inglês para ser melhor avaliado em entrevistas? Como aperfeiçoar a gramática e a conversação? Como adaptar-se para ouvir melhor e entender os Irishs?
Coloquei como metas, um programa de estudos como: Além das aulas, estudar em casa no mínimo 2 horas por dia, ouvir rádio, ver televisão com ou sem legenda, procurar conversar o máximo que conseguir na rua ou em casa. Um exemplo disto: Eu comprei um sapato em uma loja de Dublin e ficou um pouco apertado mesmo, no início não sabia conversar muito em inglês para tentar trocar o sapato, mas como gosto de desafios, fui na loja trocar, errei muito para me expressar nos primeiros momentos mas eles entenderam. Após dois dias, o sapato novo continuava apertando, pensei: Vou tentar trocar novamente, fui à loja e procurei explicar tudo, consegui trocar o sapato. Após alguns dias, notei que o sapato era escorregadio demais e isto não me deixou confortável, fui tentar trocar novamente, mas agora já sabendo que eu
iria levar uma bronca do rapaz da loja, mas enfim, expliquei tudo e consegui trocar novamente. Sei que é um exemplo um pouco diferente, mas foi um exemplo vivenciado e superado. Entretanto com os erros eu consegui me expressar e alcançar os meus objetivos, e vi que tinha melhorado muito o inglês no decorrer dos dias, isto me fez estudar mais e tentar praticar ainda mais o inglês, pois os resultados são satisfatórios.

Minha Trajetória:

Comecei a trabalhar com 01 mês e quinze dias em um restaurante Italiano, o dono é um completo explorador, usa as pessoas para trabalhar pagando menos que o mínimo. Iniciei de Kitchen Porter (Assistente de Cozinha) fazendo tudo para os chefs, além de lavar a louça de todo o restaurante.
Em vários momentos pensei em desistir, porém, como mencionei antes, sempre tive metas para alcançar, isto me torna mais forte, pois sei onde quero chegar.
Percebi que eu não tinha nenhum futuro no restaurante, então decidi usar eles também, como meus professores de Inglês, toda palavra eu perguntava o significado, perguntava tudo e muito. Além de como fazia os pratos, como preparava e etc. Depois de algum tempo eu era Kitchen Porter e coming chef, porém, ao mesmo tempo, sem ganhar nada por isto.
Coloquei metas de tempo para aperfeiçoar o inglês e procurar outros empregos. Em três meses, recebi outras propostas de outros lugares para trabalhar. Pois as oportunidades aparecem quando se tem metas, objetivos, ideais e quer trabalhar.
Contudo, em alguns meses, recebi uma proposta para trabalhar diretamente para a escola DCAS Dublin College of Advanced Studies, aonde trabalho atualmente, meus diretores tem total confiança em mim, assim como eu neles, acredito na escola, no trabalho profissional e na responsabilidade de todos. Hoje em dia, meus colegas de trabalho são meus professores, meus diretores enfim, um lugar de crescimento e novos desafios a cada dia.
Pois temos muitos planos de ampliação, de extra classe, suporte e facilidades para os nossos alunos.
Ainda tenho planos de iniciar um curso de Business na DCAS Dublin College em 2012, paralelo ao trabalho e estudo, fazer mais cursos de especialização, assim como analizando uma data para planejar uma graduação.

Contudo, agradeço a todos e com o respeito de todos para compartilhar minha historia. Está bem resumida, claro que tem muito a se contar, mas duas ou três páginas não seriam o suficiente.
Me coloco a disposição para maiores informações e detalhes que eu possa ajudar."




 










Atenciosamente,

Roberto Pereira

Um comentário:

  1. Olá tudo de bom ...
    Obrigada por seguir o meu blog .
    Também estou a seguir o seu , como poderá ver .
    Parabéns o seu blog está magnifico .

    Ernesto
    ernestocastanha.blogspot.com
    ernestocastanha.blgs.sapo.pt

    ResponderExcluir

text-align: justify;

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...